Olá Visitante
Seja bem-vindo ao Portal SESI Educação
Vídeo
Expressando a concentração de soluções (parte 3)
Publicado em: 22/09/2014
DESCRIÇÃO
O vídeo apresenta exemplos e explicações sobre as diferentes unidades usadas para expressar a concentração das soluções. Na parte 3, é explicada a concentração "molal" ou "molalidade".
ORIENTAÇÃO PARA ESTUDO
Expressar a concentração de uma solução é sempre a quantidade de soluto por quantidade de solvente ou por quantidade de solução. As mais usadas são a concentração comum (massa de soluto / volume de solução) e a molaridade (mol de soluto / volume de solução), que são tratadas nesse vídeo. A "molalidade" é definida como a quantidade de matéria (mol) do soluto sobre a massa do solvente. É um pouco diferente das outras unidades de concentração mais utilizadas, mas muito importante quando é preciso calcular os efeitos da concentração sobre as propriedades coligativas das soluções (variações de pontos de ebulição, pontos de solidificação, pressão de vapor, etc.). Para passar a concentração em "titularidade" ("título em massa" ou "título em volume") para porcentagem, basta multiplicar o resultado por 100. Na verdade,como o título é um número puro, sem unidade, o resultado representa a quantidade de soluto relativa para a unida de de massa ou volume da solução. Em outras palavras, a solução vale 1 e o soluto vale algum valor menor que 1, dentro desse universo. Exemplo: o título em massa de uma solução de ácido sulfúrico que contenha 9,8g de ácido para 100g de solução é Tm = 0,098 9 (sem unidade, pois a massa foi dividida pela massa); o que equivale, em percentual de massa, a 9,8%.

Clique na imagem para assistir o vídeo.

Voltar

SESI - Departamento Nacional
SBN - Quadra 01 - Bloco C - Ed. Roberto Simonsen Brasília - DF - CEP 70040-903
Copyright © 2011 - 2022 - Todos os direitos reservados.